O umbigo do mundo é político. Basta olhar para as ruas

segunda-feira, 21 de março de 2011

 Quando a semana começou, eu pensei: vou fazer um verdadeiro ensaio sobre radares. As denúncias apresentadas pelo Fantástico de domingo, 13, são difíceis de serem ignoradas (a prefeitura de Pouso Alegre bem que tentou, mas no final da semana acabou pedindo o cancelamento do contrato com uma das empresas participantes da máfia dos radares). Dentro e fora de gabinetes, tornou-se o assunto da vez, fazendo frente às informações sobre a tragédia japonesa e à novela líbia. No entanto, as imagens que destaco aqui são dos dois últimos dias da semana. Elas podem parecer dissociadas, mas... observem bem: o que há de comum entre elas? 

Um mundo entre sexta e sábado



 Anastasia em coletiva de imprensa na Faculdade de Direito (18/03)


Chegada à FDSM: curiosidade de quem passava pela rua (18/03)

 A arte de governar, o posicionamento ideológico, a habilidade no trato das relações humanos, cortesia, disputa de cargos. Política tem vários significados, mas um mesmo objetivo: o alcance de metas. Política é o que há de comum entre as imagens registradas aqui.

 A eterna negociação entre os seres humanos na tentativa de administrar o dia-a-dia. Cada um a seu modo. Cada um na sua esfera. Uns pisando em solo firme (o governador veio a Pouso Alegre apenas dar uma aula, mas em território conhecido). Outros se arriscando em terrenos mais arenosos (tanto na Faculdade de Direito  quanto no campo do São João, o prefeito recebeu um, vamos chamar assim, ensaio de vaias). E todos na rua, atrás de algum desejo, mesmo que ele se resuma a uma partida de futebol.

Pode ser. Dá para refletir e talvez chegar a algum entendimento, mais ou menos lógico, sobre o que anda acontecendo por aqui, por lá e por aí. A semana nas ruas da cidade foi recheada de política e coroada pelo que estão chamando de maior visão da lua dos últimos 10 anos. Por qual das ruas você deseja passar? ;)


19/03: As ruas sob a batalha de São Jorge e o Dragão


Comments

4 Comments

RSS
Anônimo disse...

O seu texto não poderia ser melhor ele é ótimo e estou com você e não abro mão. Ele é poético, incisivo e objetivo e... acerta na mosca.
"Quando São Jorge trava batalhas contra o dragão, sempre esperamos que o bem vença o mal..."A lua também lembra que a mãe natureza está pedindo socorro..." Não esquecendo que há pessoas que só pensam no seu próprio umbigo político.

Assessoria de Comunicação disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Izabella Ocáriz disse...

Ah, se todos os olhos fossem críticos como o seu!

Éderson Brandão disse...

Muito bom, um texto gostoso de se ler, parabéns e continue, pois não é fácil manter as convicções trabalhando nesta área, principalmente estando perto de políticos como os daqui, que pensam ser donos da cidade, salvo algumas exeções. Vida longa ao seu jornalismo!

Arquivo