Ruas e Candidatos de Papel

domingo, 10 de outubro de 2010

A Prefeitura de Pouso Alegre levou uma semana para retirar todos os "diabinhos" das ruas da cidade. Quatro equipes da capina se somaram aos 65 varreadores de rua para juntar toda a propaganda politica jogada pelo chão no dia do primeiro turno da eleição 2010. Imaginem: 125 pessoas só para colocar no lixo o papel que nossos candidatos a representantes mandaram para a porta da casa de cada um de nós!

Mas eu descobri um dado mais interessante sobre isso.
Na terça-feira, a Administração me informou por meio de sua assessoria de imprensa que 500 toneladas de material de propaganda tinham ido parar no aterro sanitário em dois dias. A Prefeitura diz que os papéis não tinham mais condições de irem para a reciclagem, devido às condições que se encontravam - misturados à lixo domésticos, rasgados e molhados.

Pois bem. Segundo a Embrapa Meio Ambiente, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, para a produção de cada tonelada de papel, são necessárias de duas a três toneladas de madeira. Valeu, candidatos! ;)


Comments

3 Comments

RSS
bruno nobru disse...

ridículo isso né.. e além de toda essa madeira e a questão ambiental.. todo o gasto tanto da produção dos panfletos, banners e cartazes quanto os gastos para limpar a sujeira que fizeram na cidade, são pagos com dinheiro do povo.. é uma palhaçada total.. e o mais estranho de tudo é que a maioria das pessoas não estão nem aí pra isso..

Canta Brasil disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Éder Couto disse...

Lamentável! Chega a indignar tamanha falta de respeito e consciência ambiental dos candidatos. Ruas, avenidas, praças, canteiros e rotatórias de Pouso Alegre ficaram poluídos pelos banners, bandeiras, santinhos e outros materiais utilizados neste pleito.
A legislação proíbe tanta coisa, mas permite esta palhaçada. Vai entender!

Arquivo